São Filipe: Monte Velha recuperada com 14 mil plantas endémicas

O delegado do MAA na ilha do Fogo, Jaime Ledo, disse à Inforpress que a campanha que se iniciou no dia 30 de Agosto

A delegação do Ministério da Agricultura e Ambiente (MAA) na ilha do Fogo tem em curso uma campanha de plantação de árvores no perímetro florestal de Monte Velha visando a recuperação de 34 hectares de área ardida no incêndio de 2015.

O delegado do MAA na ilha do Fogo, Jaime Ledo, disse que a campanha que se iniciou no dia 30 de Agosto, após a queda de chuvas “em quantidade suficiente”, está concentrado naquele perímetro, onde, segundo o mesmo, vão ser afixadas cerca de 14 mil plantas florestais e endémicas (13.539 plantas).

No incêndio, provocado por um agricultor, segundo dados da avaliação técnica efectuada na altura, apontou que o mesmo consumiu uma área de 787 hectares de terreno florestal e agrícola nas zonas altas dos Mosteiros e no perímetro florestal de Monte Velha.

Só no perímetro florestal de Monte Velha, o incêndio consumiu 627 dos 851 hectares, o que corresponde a cerca de 74%, que estão a ser recuperados com a fixação de plantas florestais e endémicas, além de própria recuperação natural.

O delegado do MAA disse ainda que as actividades de recuperação e limpeza de toda a área ardida pelo incêndio de 2 de Maio de 2015, estão contempladas no projecto “reforço da capacidade e resiliência do sector florestal em Cabo verde”, cobrindo as ilhas do Fogo, Boa Vista e Santiago.

Fonte: A Nação

Notícias

Cabo Verde não deve competir pelo preço com outros destinos turísticos, avisa CEO da Oásis

Projeto "Volunturismo" movimenta cerca de 30 turistas para São Vicente

Santa Cruz: Autarquia quer transformar município num destino turístico de excelência

Porto Novo recebe investimentos privados nas pescas à volta de 70 mil contos

São Vicente vai acolher missão empresarial alemã com foco nas energias renováveis