Sal – Hotel Djadsal em Santa Maria vai ser demolido para novo Hotel de luxo

Do apocalipse ao renascimento da Fénix é o que se poderia dizer do Hotel Djadsal Holiday Club que estava abandonado, degredado e usado como habitação clandestina que agora foi comprado por um grupo de investidores.

Longe dos seus tempos áureos o Hotel Djadsal está fechado desde Outubro de 2010 e sem perspetivas de reabertura tendo-se tornado num enorme edifício abandonado e degradado e de aspeto sombrio.
Situado na Avenida dos Hotéis em Santa Maria e bem de frente para o mar, está ensanduichado entre o Hotel Belo horizonte e do futuro Hotel Hilton e o esperado Casino, o primeiro em Cabo Verde.
O Hotel Djadsal era peça fora do baralho prejudicando a imagem destas unidades hoteleiras e de toda a área circundante por onde circulam a maioria dos estrangeiros que passam pelo Sal.

Mas, qual Fénix que renasce das cinzas, toda aquela imagem de abandono e degradação está em vias de acabar por via da recente compra do espaço por um grupo de investidores que adquiriram agora todo aquele espaço para, depois de o demolir, construir uma nova unidade Hoteleira.
O novo hotel terá a classificação de cinco estrelas e irá ter acabamentos de luxo não se prevendo que venha a ser utilizado o esquema de all inclusive.
Os novos donos do Hotel Djadsal, que ainda não o renomearam, são o atual dono do Hotel Hilton, Jacques Monnier e o seu parceiro financeiro Pierre Bastid que têm um ambicioso projeto para aquele tão bem localizado espaço.
Recorde-se que o hotel Djadsal abriu em 1996, tendo sido construído pelo empresário italiano Andrea Stefanina, que o vendeu mais tarde ao empresário José Luís Santos do Mindel Hotel.

Notícias

Açores apoia Cabo Verde na valorização das cadeias de valor agrícolas

FIC “despede-se” da Laginha com balanço positivo

Cabo Verde lança isenções fiscais para tentar captar investimento de emigrantes

Governo e Câmaras de Comércio oficializam transferência de competências