SN-Turismo aposta no turismo de natureza, gastronómico e cultural para promover São Nicolau

A Associação dos Operadores Turísticos de São Nicolau (SN-Turismo) tem vindo a apostar no turismo de natureza, gastronómico e cultural para promover a ilha como destino turístico, informou hoje à Inforpress um dos membros, Alita Dias.

A associação criada em Julho de 2017, tem como missão a promoção da atividade turística em São Nicolau e transformar São Nicolau numa referência mundial, de turismo na natureza, sustentável e de alto valor acrescentado, assente no desenvolvimento dos três principais ativos da ilha, nomeadamente o território, cultura e história.

É neste âmbito que a associação, segundo Alita Dias, tem vindo a realizar algumas atividades ligadas à vertente gastronómica, turismo de montanha e cultural.

“A nossa aposta é nas potencialidades ou vertentes que têm melhores condições de movimentar o turismo ou pronto a ser consumido. Estamos a falar do trekking (caminhada), da parte cultural (Carnaval e festas de romarias, festival de morna) e a parte gastronómica” informou.

Neste sentido, avançou que as câmaras municipais da ilha, a de Ribeira Brava e a do Tarrafal, conjuntamente com a associação, estão a desenvolver uma agenda cultural para divulgar e promover todos os eventos que acontecem em São Nicolau, durante o ano.

Enquanto isso, avançou, uma das atividades previstas para 15 a 17 de Novembro e que será realizado em parceria com as câmaras municipais da ilha e o Parque Natural do Monte Gordo é a segunda edição do Meetup Trekking São Nicolau.

Com o evento, que acontece sob o mote “São Nicolau, o tesouro mais bem guardado de Cabo Verde”, a organização desafia os amantes do trekking e da natureza a conhecer a ilha.

Para além da “fantástica” rede de trilhos pedestres, informou, oferecem aos visitantes outras experiências memoráveis, designadamente a observação de aves e cetáceos, pesca desportiva, história e património, gastronomia, cultura e tradições e estar em contacto com as comunidades rurais existentes.

À semelhança da primeira edição, no primeiro dia realiza-se uma conferência sobre “Turismo em São Nicolau – o Trekking como Interface entre a Natureza e a Cultura”, que contará com a intervenção de especialistas nacionais e estrangeiros.

Dando destaque à parte gastronómica, disse que depois de terem realizado, por altura do Carnaval, o São Nicolau Food Tour, agora, juntamente com a Câmara Municipal do Tarrafal, vão promover, em Agosto, a quinta edição do Festival de Atum, que tem como objetivo dinamizar a economia à volta da pesca e valorização desse setor.

Alita Dias acredita que divulgando com a devida antecedência todos os eventos que acontecem em São Nicolau mais turistas poderão integrar essas atividades e assim estarão a promover a ilha de “Chiquinho” em todas as suas vertentes.

De realçar que a autarquia de Tarrafal, no âmbito dos festivais temáticos, tem agendado para o dia 27 de Abril a sétima edição do “Sodadi Festival d'Morna” na localidade de Praia Branca.

Ainda, de acordo com a programação da autarquia, no mês de Agosto será comemorado, no dia 15, o Dia do Emigrante, e nos dias 16 e 17 acontece o Festival de Música da Praia de Tedja, realizado no âmbito das atividades de comemoração do Dia do Município de Tarrafal, celebrado no dia 2 de Agosto.
Fonte: Sapo CV

Notícias

Plataforma de encontro entre quem quer investir e quem quer desenvolver projetos

Fogo: A ilha precisa de bons investimentos públicos para criar condições para os investimentos privados – Primeiro-ministro

Projeto "Turismo e comunidades: iniciativas locais de criação de emprego” apresentado hoje na Ponta do Sol

​IX edição do Mindel Summer Jazz homenageia Biús

Primeiro centro cultural de um país africano na Europa: Cabo Verde em Lisboa