Número dois do governo compromete-se a estar próximo das empresas

O ministro das Finanças, Olavo Correia, designado ontem a desempenhar, também, as funções de vice-primeiro-ministro, promete mais trabalho e celeridade visando a inovação e a expansão da economia cabo-verdiana.

Olavo Correia fez essa afirmação à imprensa, à margem da visita que realizava à Fábrica e Indústrias de Produtos de Higiene e Limpeza (FIMAQ), quando questionado sobre as novas funções a desempenhar, anunciadas pelo primeiro-ministro após encontro com o Presidente da República.

“Vamos estar mais perto das empresas para que possamos criar um pacto entre o Governo e o sector privado, visando a criação de empregos e a transformação da economia de Cabo Verde na vertente exportadora, competitiva e inovadora”, diz.

Segundo o chefe do Governo, o actual ministro das Finanças, Olavo Correia, passa a desempenhar também as funções de vice-primeiro-ministro, e assumirá as funções de coordenação económica e coordenação das reformas económicas, zelará pelo bom funcionamento do ecossistema de apoio à competitividade e ao bom ambiente de negócio.

Olavo Correia vai ter três secretários de Estado, designadamente a secretária do Estado para a Modernização Administrativa, Edna Oliveira, actual vereadora dos Assuntos Jurídicos e Recursos Humanos da Câmara Municipal da Praia, o secretário de Estado para Inovação e Formação Profissional, Pedro Lopes, responsável pelo projecto TEDX, e o secretário de Estado das Finanças, Gilberto Barros, quadro sénior do Banco Mundial.

Fonte: Expresso das Ilhas

Notícias

Cabo Verde não deve competir pelo preço com outros destinos turísticos, avisa CEO da Oásis

Projeto "Volunturismo" movimenta cerca de 30 turistas para São Vicente

Santa Cruz: Autarquia quer transformar município num destino turístico de excelência

Porto Novo recebe investimentos privados nas pescas à volta de 70 mil contos

São Vicente vai acolher missão empresarial alemã com foco nas energias renováveis