Isenção de vistos para europeus e TSA entram em vigor em Janeiro

Os cidadãos titulares de passaporte diplomático, passaporte cabo-verdiano, assim como os estrangeiros com cartão de residente, ficam isentos do pagamento da TSA. A isenção estende-se a crianças até dois anos de idade.

O ministro dos Negócios Estrangeiros, José Luís Filipe Tavares, garantiu ontem na capital que a partir do próximo ano os cidadãos da União Europeia estarão isentos de vistos de curta duração para entrar no arquipélago.

A medida, que suscitou vária críticas de diferentes quadrantes da sociedade, foi adiada várias vezes, mas, agora, segundo esse Governante vai mesmo avançar.

Luís Filipe Tavares garantiu isso numa colectiva de imprensa na Praia, durante a 9ª reunião de diálogo político a nível ministerial entre a União Europeia (UE) e Cabo Verde, no âmbito da Parceria Especial existente entre os dois.

Recorde-se que a isenção de vistos a turistas deu lugar à TSA – Taxa de Segurança Aeroportuária, no valor de 3.400 escudos, para voos internacionais e 150 escudos para os domésticos.

Os cidadãos titulares de passaporte diplomático, passaporte cabo-verdiano, assim como os estrangeiros com cartão de residente, ficam isentos do pagamento da TSA. A isenção estende-se a crianças até dois anos de idade.

A TSA entra assim em vigor a partir de Janeiro de 2019, conforme o B.O. de 13 de Agosto de 2018.

Fonte: A Nação

Notícias

Cabo Verde não deve competir pelo preço com outros destinos turísticos, avisa CEO da Oásis

Projeto "Volunturismo" movimenta cerca de 30 turistas para São Vicente

Santa Cruz: Autarquia quer transformar município num destino turístico de excelência

Porto Novo recebe investimentos privados nas pescas à volta de 70 mil contos

São Vicente vai acolher missão empresarial alemã com foco nas energias renováveis