Empresa de Macau negocia instalação de polo tecnológico em Cabo Verde

As condições para a instalação de um pólo tecnológico em Cabo Verde para fornecer serviços para a África Ocidental “estão todas criadas”

Uma delegação da Bringbuys Web Technology de Macau está em Cabo Verde para continuar as negociações para a instalação de um polo tecnológico no país.

A Bringbuys Web Technology pretende entrar no mercado de tecnologia de outros países da África Ocidental através do hub tecnológico que Cabo Verde está a implementar, como plataforma para serviços de computação em nuvem. Este projeto alinha-se com o plano estratégico de transformação digital do país.

As condições para a instalação de um polo tecnológico em Cabo Verde para fornecer serviços para a África Ocidental “estão todas criadas”, o que deverá acontecer no início de julho, garantiu esta quinta-feira na Praia, a presidente da Cabo Verde Tradeinvest.

O projeto, disse Ana Barber, está dividido em três fases, sendo que a primeira engloba o centro de computação, a segunda será a fase de formação e a terceira será a de internacionalização do projeto.

A delegação teve encontro ma manhã desta quinta-feira, com o Núcleo Operacional da Sociedade de Informação (NOSI), onde visitaram o Data Center de Cabo Verde. Manterá ainda encontros com a Cabo Verde TradeInvest e o Centro de Energias Renováveis e Manutenção Industrial (CERMI), no sentido de dar seguimento às negociações para a instalação de um polo tecnológico em Cabo Verde.

A escolha de Cabo Verde para a construção do pólo deve-se, segundo a presidente da Cabo Verde Tradeinvest, ao facto da Bringbuys Web Technology ver Cabo Verde como “uma oportunidade para expansão de negócios no continente africano”, sublinhando por outro lado, que esta iniciativa irá promover o arquipélago.

Por seu turno, a Diretora do departamento internacional da Bringbuys Web Technology, Chloe Wang, disse que a visita visa dar seguimento ao projeto, lembrando que a sua instalação decorre do 11.º encontro de empresários para a cooperação económica e comercial entre a China e os países de língua portuguesa, realizado em junho de 2017.

Fonte: A Nação

Notícias

Preços da oferta turística diminuíram em termos homólogos -5,2% no segundo trimestre de 2019

Mindelo acolhe 72.º Centro de Língua Portuguesa que vai ser inaugurado quinta-feira

Brava: Master plan de turismo é o “guia maior”da planificação estratégica turística para a ilha até 2030 – edil

Novo hospital da Praia é um complemento aos hospitais de Cabo Verde e não vai substituir o HAN – PCA

Câmara Municipal do Sal apresenta plataforma “inovador” GEO Sal