Embaixadora da UE visita ilha do Maio

Durante dois dias, Sofia Moreira da Sousa toma pulso dos projetos que a UE financia nesta ilha.

A Embaixadora da União Europeia em Cabo Verde, iniciou esta quinta-feira, 2 de Novembro, uma visita de dois dias à ilha do Maio. O objetivo é conhecer a ilha e se inteirar dos projetos que a União financia. Trata-se da primeira missão à ilha da nova Embaixadora da União Europeia em Cabo Verde.

Neste primeiro dia de visita, a diplomata esteve nas Salinas onde foi informada do projeto de dinamização e requalificação turística da ilha do Maio, que está em curso numa parceria que envolve também o Instituto Marquês de Valle Flor de Portugal, Câmara Municipal de Loures e Sociedade de Desenvolvimento Turístico das Ilhas da Boa Vista.

O dia terminou com um momento cultural no Centrum Sete Sóis Sete Luas onde a embaixadora e sua delegação terão oportunidade de saborear alguns pratos confecionados por cozinheiras que formaram com apoio da UE, no âmbito do projeto Sete Sóis Sete Luas.

Nesta sexta-feira, último dia desta sua primeira visita ao Maio, a diplomata irá visitar a Cooperativa do Sal e as obras de requalificação urbana da comunidade de Nhu Dam, outros dois investimentos que são apoiados pela União Europeia, e terá oportunidade de se reunir com delegações do Instituto Marques Valle Flor e Câmara Municipal do Maio para se inteirar do projeto Water Facility, ao mesmo tempo que irá receber informações sobre o Programa de Reforço dos Atores Descentralizados.

Uma passagem pelo Forte de São José marca o fim da sua estada na ilha.

Fonte: A Nação

Notícias

Preços da oferta turística diminuíram em termos homólogos -5,2% no segundo trimestre de 2019

Mindelo acolhe 72.º Centro de Língua Portuguesa que vai ser inaugurado quinta-feira

Brava: Master plan de turismo é o “guia maior”da planificação estratégica turística para a ilha até 2030 – edil

Novo hospital da Praia é um complemento aos hospitais de Cabo Verde e não vai substituir o HAN – PCA

Câmara Municipal do Sal apresenta plataforma “inovador” GEO Sal