2ª Edição do FestiCoral com espectáculos na Praia e na Assomada

Já está a decorrer a 2ª edição do FestiCoral, na Cidade da Praia. O Festival de Coral existe em todo mundo e tem como filosofia divulgar a música coral

Por estes dias, decorrem momentos de ensaio e de formação. O ponto alto do evento são os espetáculos que aconteceram esta sexta e sábado, na Cidade da Praia e no dia 27, na Assomada. 

Na cidade da Praia, os espetáculos acontecem às 21 horas, na Assembleia Nacional. Esta edição tem como lema “Cantar a Praia”, para homenagear os 161 anos capital. Os espetáculos terão a participação dos grupos corais de Cabo Verde, Brasil, Portugal, Senegal e França.

O programa do evento foi apresentado esta quinta-feira pela organização, numa conferência de imprensa que contou com a participação de alguns grupos.

Segundo Eutrópio Lima da Cruz, do Orfeão da Praia, quase todos os grupos já estão na Cidade da Praia, só falta Santo Antão, que chega amanhã.

“Todos os grupos corais vão cantar a Praia, com músicas e temas sobre esta cidade, de uma forma polifónica, harmónica e internacional”, cita.

Para Eutrópio Lima da Cruz,  esta é uma oportunidade única para os praienses apreciarem a música coral, pois não é todos os dias que acontecem eventos desta natureza. “Os praienses não devem desperdiçar esta oportunidade de ver e ouvir os grupos internacionais de corais”, aconselha.

Depois dos espetáculos, acontecem os workshops de formação sobre coral, arte cénica e performance, além de técnica de colocação de voz, ministrados por formadores de grupos corais estrangeiros.

Realizado pelo Orfeão da Praia, esta edição vai reunir perto de 200 pessoas, entre coralistas, instrumentistas, coreógrafos e regentes de diferentes idades, classe social e identidades.

Fonte: Expresso das Ilhas

Notícias

Dia Nacional da Cultura comemorado sob o lema “eu_génio: do legado à ficção”

Governo prevê funcionamento da Universidade Técnica do Atlântico em 2020/2021

Santiago Norte: Municípios juntam-se ao MCIC para homenagear a Morna no Dia Nacional da Cultura e Comunidades

São Nicolau: Projecto Caminhar inicia acção de capacitação em acompanhantes de “trekking”

Cabo Verde não deve competir pelo preço com outros destinos turísticos, avisa CEO da Oásis