Delegação empresarial chinesa visita São Vicente com Zona Económica Especial na mira

A empresa chinesa, Shandong Hi-Speed demostrou ontem “enorme interesse” em participar na materialização da Zona Económica Especial de Economia Marítima em São Vicente, disse o Governo, no final da visita de algumas horas de uma comitiva empresarial, a São Vicente.

A informação foi avançada este Domingo pelo ministro da Economia Marítima, José Gonçalves, durante a visita de “alto nível” de uma delegação empresarial chinesa a São Vicente.

Trata-se de uma empresa que está em 76 países e tem actividades nas mais variadas áreas, desde construção de aeroportos, portos, operação e gestão de rodovias, pontes, vias férreas, entre outras.

Segundo o ministro, apesar do carácter “relâmpago” da visita, uma vez que a delegação permaneceu apenas algumas horas na ilha, a mesma representa “um olhar em primeira mão” das oportunidades que São Vicente oferece no quadro da Zona Económica Especial de Economia Marítima.

“Na delegação, veio uma empresa chinesa líder, que começou a sua actividade com comboios de alta velocidade, a Shandong Hi-Speed, que tem um volume de negócios de quase um trilião de dólares/ano e está em 76 países, mas entretanto tem actividades nas mais variadas áreas, desde construção de aeroportos, portos e afins”, diz.

A mesma empresa, segundo José Gonçalves, demonstrou interesse em participar na materialização da ZEEEM de São Vicente.

Durante o encontro do final da tarde de ontem, no Mindelo, ficou ainda acordado, segundo o governante, uma visita de uma delegação cabo-verdiana à China, ainda no decorrer do primeiro trimestre do ano.

“Saímos da parte política e da governação para passar para a parte das empresas, um muito bom sinal”, acredita do Ministro da Economia Marítima.

Fonte: Expresso das Ilhas

Notícias

Preços da oferta turística diminuíram em termos homólogos -5,2% no segundo trimestre de 2019

Mindelo acolhe 72.º Centro de Língua Portuguesa que vai ser inaugurado quinta-feira

Brava: Master plan de turismo é o “guia maior”da planificação estratégica turística para a ilha até 2030 – edil

Novo hospital da Praia é um complemento aos hospitais de Cabo Verde e não vai substituir o HAN – PCA

Câmara Municipal do Sal apresenta plataforma “inovador” GEO Sal