Cátedra Eugénio Tavares lança dois livros com foco na produção escrita em língua portuguesa

A Universidade de Cabo Verde e a Cátedra Eugénio Tavares de Língua Portuguesa dão à estampa duas publicações: Livro do Professor de Língua Portuguesa – Produção Escrita e Livro do Aluno de Língua Portuguesa – Produção Escrita

As apresentações aconteceram esta quinta-feira, às 18 horas, no auditório da Reitoria da Uni-CV, na Cidade da Praia, a cargo do professor Esteves Rei, docente da Uni-CV e coordenador da Linha 2 de investigação da Cátedra Eugénio Tavares de Língua Portuguesa – Ensino do Português como Língua Segunda, em Cabo Verde. 

Os livros são o primeiro resultado de um projeto da Cátedra Eugénio Tavares de Língua Portuguesa, intitulado – Produção de material de apoio ao desenvolvimento de competências em português, Língua segunda (PL2), em desenvolvimento por um grupo de trabalho constituído pelos autores: Amália de Melo Lopes (Coordenadora); Maria Helena de Sousa Lobo; Emanuel de Pina; Etelvino Garcia; Maria Amélia Gomes Carvalho; Maria Goreti Freire Silva; e Rosa Maria Morais.

Os principais objetivos do projeto passam por melhorar o processo de ensino da língua portuguesa; potencializar o desempenho dos alunos no decurso da sua formação universitária, desenvolvendo e aprimorando as habilidades inerentes à produção e receção de textos orais e escritos, bem como as capacidades de reflexão sobre a língua e de auto-avaliação. Minimizar o impacto entre a diferença de domínio da língua portuguesa à entrada e o exigido na intermediação académica é outra das missões.

O conjunto do material disponibilizado no Livro do Professor de Língua Portuguesa – Produção Escrita pode ser seleccionado para a organização de um curso presencial de 60 horas de trabalho, em conjugação com o trabalho autónomo dos alunos, fora da sala de aula, visando criar oportunidades para aprimorar a competência de escrita.

Já o Livro do Aluno de Língua Portuguesa – Produção Escrita pode ser utilizado por estudantes de língua portuguesa, num processo de ensino/aprendizagem não intermediado pelo professor (estudo autónomo), ou seja, material de auto-aprendizagem.

Fonte: Expresso das Ilhas

Notícias

Próxima etapa de Cabo Verde é atingir o patamar da economia de rendimento médio e médio alto – ministro

Universidade Técnica do Atlântico já é realidade