Cabo Verde perde para Líbia e fica fora do CAN'2017

A seleção cabo-verdiana de futebol foi derrotada, sábado, na cidade da Praia, pela Líbia, por 1-0, ficando assim sem possiilidades de ser apurada para a fase final da próxima edição do Campeonato Africano das Nações (CAN2017) de 2017 no Gabão.

Os chamados “Tubarões Azuis” tinham forçasamente de ganhar esta partida frente aos Líbios, a contar para a última jornada do Grupo F, para continuarem a alimentar a esperança de virem a classificar-se como um dos dois melhores segundos colocados dos 13 grupos da fase de apuramento.

A formação cabo-verdiana, que somou a segunda derrota de sempre no Estádio Nacional, ficou com os mesmos nove pontos com que entrou para a última jornada do apuramento, enquanto a Líbia terminou com sete pontos.

O Grupo F de qualificação para o CAN2017 é liderado por Marrocos, com 13 pontos e já qualificado, e que joga este domingo com S. Tomé e Príncipe,  que soma apenas três pontos.

Cabo Verde tentava o apuramento pela terceira vez consecutiva para uma fase final do CAN, depois da primeira em 2013, na África do Sul, e a segunda no ano passado, na Guiné Equatorial.

A seleção cabo-verdiana começou este apuramento treinada pelo Português Rui Águas, que saiu em janeiro último alegando salários em atraso, tendo sido substituído por Beto Cardoso.

Ela esteve irreconhecível na partida frente à Libia, não conseguindo em nenhum momento do desafio contrariar o esquema tático montado pelo experiente técnico da equipa adversária, o Espanhol Javier Clemente.

A Líbia marcou o único golo da partida aos 88 minutos, por intermédio de Mohamed Abdussalam, ditando a derrota dos Tubarões Azuis, naquele que foi considerado pela crítica como o seu pior jogo realizado no Estádio Nacional, recinto onde até agora apenas tinham perdido frente a Marrocos, também por 1-0, a 26 de março passado, para a terceira jornada do Grupo F.

Falhada a classificação para a fase final do CAN 2017, resta agora à principal seleção de futebol de Cabo Verde, que ocupava a 58ª posição no ranking da FIFA do mês de agosto, tentar o apuramento para o Mundial  de 2018, na Rússia. 

Na primeira jornada do grupo D da zona africana de qualificação, Cabo Verde, desloca-se, em outubro, a Dakar para defrontar a sua similiar do Senegal.

De acordo com o sorteio, realizado em junho passado no Cairo (Egito), são ainda adversários de Cabo Verde no Grupo B as seleções da África do Sul e do Burkina Faso.

Fonte: Panapress

Notícias

As razões da queda do turismo cabo-verdiano

Sal recebe 37% dos recursos do Fundo do Turismo - PM

Projectos financiados pelo BADEA ultrapassam seis milhões de contos

Grupo TUI constrói hotel de cinco estrelas no Sal