Cabo Verde nomeia novo embaixador em Angola

O antigo presidente da Câmara Municipal do Sal, Jorge Figueiredo, foi nomeado sexta-feira última embaixador de Cabo Verde em Angola, em substituição do diplomata Francisco Veiga, que deixou o cargo há cerca de um ano.

A nomeação de Jorge Figueiredo, médico de profissão, foi feita pelo Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, sob proposta do Governo.

Numa entrevista à imprensa, à margem da conferência sobre “liberdade de imprensa e censura na era digital”, realizada na capital cabo-verdiana, o Presidente Jorge Carlos Fonseca garantiu que a nomeação do antigo autarca para o cargo de embaixador de Cabo Verde em Angola “foi uma decisão ponderada”.

Confirmou que há muito tempo que tinha recebido a proposta do Governo para a designação de Jorge Figueiredo, juntamente com propostas de nomeação de Eurico Monteiro e Carlos Veiga para embaixadores em Portugal e nos Estados Unidos, respetivamente.

O chefe de Estado cabo-verdiano afirmou defender sempre, com base na leitura que faz da função diplomática, que a preferência deve ser dada a embaixadores que sejam de carreira.

Desde que o atual Governo do Movimento para a Democracia (MpD), liderado por Ulisses Correia e Silva, tomou posse, há um ano, já foram nomeados três embaixadores considerados “políticos”, não pertencentes aos quadros de carreira diplomática cabo-verdiana.

Fonte: Panapress

Notícias

Porto Novo: Governo vai investir seis mil contos para apoiar 40 agricultores com o sistema de rega gota-a-gota

Cabo Verde no Fórum Africano para Cultura de Paz com 12 artistas

Hotel e Casino da Praia concluídos até ao final de 2020

​Fogo acolhe em Novembro a 10ª Reunião de ministros do Turismo da CPLP