Cabo Verde lança projeto de adaptação da agricultura familiar às mudanças climáticas

Um Projeto de Adaptação da Agricultura Familiar às Mudanças Climáticas” será lançado a 21 de agosto corrente em Cabo Verde, sob a égide do ministério cabo-verdiano da Agricultura e Ambiente.

O empreendimento vai cobrir 10 localidades/bacias hidrográficas nas ilhas do Fogo, Santiago, São Nicolau e Brava, beneficiando aproximadamente seis mil 75 pessoas, de acordo com a mesma fonte.

O seu objetivo é fazer face às consequências da vulnerabilidade do país, em matéria de mudanças climáticas, assim como fortalecer a capacidade dos pequenos agricultores face aos efeitos crescentes desse fenómeno.

Os principais eixos de intervenção consistirão na utilização de águas superficiais disponíveis nas barragens, na mobilização de águas subterrâneas a partir de furos já existentes, mas não equipados, bem como na redução do custo de bombagem com a substituição do sistema de alimentação elétrica pela utilização de energia fotovoltaico.

O projeto, a ser implementado através do Programa de Promoção de Oportunidades Socioeconómicas Rurais (POSER), é financiado pelo Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) e pelo Governo de Cabo Verde.

Fonte: Panapress

Notícias

Preços da oferta turística diminuíram em termos homólogos -5,2% no segundo trimestre de 2019

Mindelo acolhe 72.º Centro de Língua Portuguesa que vai ser inaugurado quinta-feira

Brava: Master plan de turismo é o “guia maior”da planificação estratégica turística para a ilha até 2030 – edil

Novo hospital da Praia é um complemento aos hospitais de Cabo Verde e não vai substituir o HAN – PCA

Câmara Municipal do Sal apresenta plataforma “inovador” GEO Sal