​Belarmino Lucas aplaude medidas anunciadas para os transportes aéreos

O presidente da Câmara de Comércio de Barlavento está satisfeito com os recentes anúncios feitos pelo Governo para a área dos transportes. Declarações proferidas hoje, no espaço de opinião do Primeiro Plano, programa informativo matinal, da Rádio Morabeza.

Belarmino Lucas entende que a possibilidade da retoma dos voos internacionais da Cabo Verde Airlines de e para São Vicente, e um novo modelo tarifário nos transportes aéreos inter-ilhas, assim como as notícias que dão conta que a companhia de bandeira vai retomar as ligações domésticas, vão mitigar o problema da conectividade do país e o combate às assimetrias regionais.

Concretamente sobre a questão das ligações para o Aeroporto Internacional Cesária Évora, o responsável aponta uma melhoria a todos os níveis.

“A ligação com o Aeroporto Cesária Évora é essencial para a demanda turística desta região, vai ajudar a resolver a questão da carga aérea, que é importante, através da concorrência há um potencial de redução dos preços das tarifas das ligações internacionais e é uma medida essencial para o desenvolvimento de toda esta região”, realça.

O primeiro-ministro disse, dia 20 deste mês, no Mindelo, que “não tem dúvidas” que São Vicente vai ter ligações diretas com Lisboa, através da Cabo Verde Airlines. Três dias depois, em São Nicolau, anunciou a aprovação, em Conselho de Ministros, de um regulamento que define um novo modelo tarifário nos transportes aéreos inter-ilhas.O objetivo é responder às necessidades de ligação e mobilidade das ilhas mais periféricas.

Belarmino Lucas entende que é algo que tinha de ser feito porque, num país como Cabo Verde, andar de avião não é um luxo, mas sim uma necessidade.

“Nos mercados imperfeitos, nomeadamente nos casos de existência de monopólio, é esse o papel do Estado, que tem de intervir para corrigir ou pelo menos tentar mitigar essas imperfeições de mercado, nomeadamente no sentido de proteger os interesses dos consumidores e o serviço público”, diz.

No que diz respeito às informações segundo as quais a Cabo Verde Airlines deve retomar a linha doméstica com aviões ATR, o representante dos empresários da região Norte do país considera que é uma medida que visa tornar o hub do Sal relevante para o mercado interno.

“É outra excelente medida uma vez que vai finalmente tornar o hub do Sal da Cabo Verde Airlines relevante para o mercado interno, porque até este momento não o é. Vai trazer benefícios em termos de melhoria das escalas, vai ter benefícios em termos dos preços das tarifas, haverá um aumento da oferta em termos de ligações domésticas, que é absolutamente necessário. Já se vê que a Binter não dá conta do recado particularmente, nestas alturas de pico”, defende.

Os anúncios sobre o setor dos transportes aéreos surgiram após manifestações em vários pontos do país, sendo a última, e de maior dimensão, em São Vicente, no dia 5 de Julho. Belarmino Lucas diz que independentemente de serem medidas resultantes de pressões ou que vinham sendo planeadas, o que importa é que sejam tomadas.

Fonte: Expresso das Ilhas

Notícias

Ponta Calhetona recebeu investimentos de cerca de 12 mil contos

NOSi Akademia recebe mais 48 estagiários

Cabo Verde Airlines começa hoje a ligar as ilhas

Ribeira das Patas Porto Novo: Grupos de mulheres apostam na transformação de frutas para garantir auto-emprego

Cabo Verde Airlines reforça voos para Lisboa com chegada de Boeing 737-300