​Agências de viagens fazem investida no mercado turístico russo

A Associação das Agências de Viagem e Turismo (AAVTCV) apresentou sábado, 7, em São Petersburgo, Rússia, as potencialidades de Cabo Verde a nível turístico. A organização está de olhos postos num dos maiores mercados emissores de turistas no mundo.

O ato teve lugar no âmbito da promoção de Cabo Verde pelo Ministério do Turismo e Transportes de Cabo Verde, que acontece na Rússia, a propósito da 23.ª Assembleia Geral, 62.ª Reunião da Comissão Africana e 111.ª Reunião da Comissão Executiva, todos da Organização Mundial do Turismo (OMT), de hoje a quarta-feira, na cidade de São Petersburgo.

Em comunicado emitido hoje, a AAVTCV refere que a representante e membro do Conselho Diretivo da associação, Luísa Jorgensen, pôde mostrar a diversidade e riqueza de Cabo Verde, “um país, dez ilhas e dez destinos e as potencialidades de cada ilha”.

A responsável procurou mostrar que o arquipélago não é apenas sol e praia, tendo apresentado atrativos como o Carnaval de São Vicente, as paisagens compostas pelos vales e montanhas de Santo Antão, a Cidade Velha — património histórico da humanidade, e a imponência do Vulcão do Fogo.

“Foi, também, um momento para falar sobre a música e a riqueza cultural das Ilhas, com uma gastronomia diversificada, dando ênfase ao nosso peixe fresco e produtos do mar tão apreciado em todo o mundo”, lê-se no documento.

“A ocasião providenciou ainda um disputado e participado momento de perguntas à nossa representante que pôde ainda esclarecer sobre os programas e pacotes oferecidos por nossas agências, onde os turistas possam combinar quatro a cinco ilhas e sobre os transportes internos (inter-ilhas e nas ilhas) e da famosa morabeza crioula aliada a uma essencial comodidade que importa preservar que é a segurança nas nossas ilhas e que permite viagens de turistas individual e/ou em grupos com relativa tranquilidade”, refere.

Para a Associação das Agências de Viagem e Turismo, esta é mais uma etapa do esforço para alargar o mercado e proporcionar mais oportunidades de negócios para os associados.

A associação acredita que a sua participação na ação de promoção de Cabo Verde na Rússia trará bons frutos num futuro próximo e promete continuar a trabalhar com a Embaixada Russa em Cabo Verde, o Governo e outros parceiros para potencializar ao máximo e consolidar os resultados “desta importante investida no mercado turístico russo”.

Fonte: Expresso das Ilhas

Notícias

Cabo Verde não deve competir pelo preço com outros destinos turísticos, avisa CEO da Oásis

Projeto "Volunturismo" movimenta cerca de 30 turistas para São Vicente

Santa Cruz: Autarquia quer transformar município num destino turístico de excelência

Porto Novo recebe investimentos privados nas pescas à volta de 70 mil contos

São Vicente vai acolher missão empresarial alemã com foco nas energias renováveis