ACL homenageia Teixeira de Sousa

Para David Hopffer Almada, presidente da Academia Cabo-verdiana de Letras (ACL), é dever da Academia dar a conhecer ao povo cabo-verdiano e ao mundo os seus valores da literatura.

David Hopffer Almada falava aos jornalistas à margem de uma Sessão de homenagem ao escritor Teixeira de Sousa, promovida pela ACL, hoje, 3 de Outubro.

“A Academia de letras se ocupa muito da cultura em geral, mas, sobretudo daquilo que está ligado à literatura. E nós pensamos que nesta altura era uma boa oportunidade para se aproveitar e celebrar um escritor como Teixeira de Sousa”, disse, avançando que Os Claridosos serão os próximos homenageados, desta vez em São Vicente.

Prosseguindo, disse que as homenagens consistem numa posição firme da Direção da ACL, como forma de dar a conhecer aos cabo-verdianos os “grandes” nomes da literatura nacional.

“Nós temos de conhecer os grandes homens ou mulheres da cultura e sobretudo da literatura para que todos se sintam orgulhosos dessa terra a que pertencemos e deste país que temos e da gente que somos", assegurou.

Disse ainda que ao ler as obras de Teixeira de Sousa pode-se tirar duas lições, saber como é a “nossa gente” e saber que há gente capaz de transpor esse conhecimento para um livro e para a memória futura.

Fonte: Expresso das Ilhas

Notícias

Cabo Verde não deve competir pelo preço com outros destinos turísticos, avisa CEO da Oásis

Projeto "Volunturismo" movimenta cerca de 30 turistas para São Vicente

Santa Cruz: Autarquia quer transformar município num destino turístico de excelência

Porto Novo recebe investimentos privados nas pescas à volta de 70 mil contos

São Vicente vai acolher missão empresarial alemã com foco nas energias renováveis