Uni-CV promove debate sobre oportunidades de negócios no âmbito da Economia Azul, turismo e energia

A Universidade de Cabo Verde (Uni-CV) promove, a partir deste segunda-feira e até 18 deste mês, um ateliê no Auditório da Escola de Negócios e Governação da Praia e nas instalações do Instituto Nacional de Desenvolvimento das Pescas (INDP) em S. Vicente. Vão estar em debate "As oportunidades de Negócios no âmbito da Economia Azul e os Setores das Pescas, Turismo e Energia".

Esta atividade é realizada em parceria com o INDP e o Campus do Mar, no âmbito do programa da 2ª fase do EMPREAMAR CV. Tem por fim partilhar experiências sobre empreendedorismo Azul em Galícia, bem como as oportunidades de negócios no setor marítimo em Cabo Verde.

Em comunicado, a organização avança que com este ateliê pretende-se ainda fortalecer o debate sobre o empreendedorismo e a Economia Azul, promover e reforçar o ecossistema de empreendedorismo sustentável e reforçar o aproveitamento das oportunidades de negócio em cada um dos âmbitos escolhidos.

“O EMPREAMAR Cabo Verde é um programa de empreendedorismo para o setor marítimo no país, que visa a inovação para o desenvolvimento sustentável das comunidades costeiras de Cabo Verde. Em termos gerais, ambiciona também, contribuir para a melhoria da qualidade de vida das pessoas que dependem da economia marítima, através da implementação de soluções inovadoras”, refere o documento.

Segundo a mesma fonte, atualmente são os sócios do programa EMPREAMAR CV a Universidade de Cabo Verde, o INDP, a Universidade de Vigo – Campus do Mar e a Pró-empresa.

Recorde-se que nos últimos anos, Cabo Verde fez uma aposta no crescimento da Economia Azul, como sendo um dos pilares do seu desenvolvimento. “É neste âmbito que tem delineado políticas para aumentar a competitividade do setor das pescas e também de toda a cadeia de valor ligada ao desenvolvimento deste segmento da economia. Por isso, o empreendedorismo no setor do mar é um dos itens cruciais para incrementar a produção de riquezas e desenvolver as comunidades piscatórias”, faz questão de realçar o comunicado da Uni-CV. CL

Fonte: A Semana

Notícias

Cabo Verde lança isenções fiscais para tentar captar investimento de emigrantes

Governo e Câmaras de Comércio oficializam transferência de competências

​FIC 2019 em “casa apertada” no adeus à Laginha

Operadores registam aumento de turistas com o Programa Cabo Verde Stopover