Um milhão de turistas “está ao virar da esquina”

O ministro do Turismo e Transportes cabo-verdiano, José Gonçalves, manifestou esta sexta-feira a esperança de que Cabo Verde atinja um milhão de turistas em breve, salientando que a meta “está ao virar da esquina”.

Em declarações à agência Lusa, em Lisboa, onde assinou um memorando de cooperação com Portugal na área da Economia Marítima, pasta que também tutela, a partir da ilha de São Vicente, José Gonçalves admitiu que o número redondo só não foi ainda atingido pela falta de camas disponíveis.

“[A meta] está ao virar da esquina. Só não atingimos um milhão de turistas por falta de camas, pois não faltam turistas”, afirmou, lembrando que, em 2020, deverão estar concluídos mais sete ou oito hotéis e/ou ‘resorts’ de grande dimensão, sobretudo nas ilhas da Boa Vista, Sal e Santiago”, afirmou.

José Gonçalves comentava à Lusa os resultados da actividade turística em Cabo Verde durante 2017, cujos números, divulgados a 28 de Fevereiro último pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) cabo-verdiano, indicam que o arquipélago recebeu mais de 716 mil turistas e registou mais de 4,5 milhões de dormidas, num crescimento de 11,2% e 12,3% relativamente a 2016.

“Cabo Verde tem um bom clima, tem um mar fabuloso e boas praias, além de uma legislação amiga dos investidores, uma estabilidade política e macroeconómica, sendo, por isso, um destino estável e seguro”, reivindicou, lembrando que o Turismo representa actualmente para o arquipélago 22% do Produto Interno Bruto (PIB).

O número de turistas em Cabo Verde ultrapassou pela primeira vez o total de habitantes no arquipélago (540 mil) em 2014 e, desde então, não tem parado de crescer, ao mesmo tempo que aumenta também as unidades hoteleiras de todos os tipos.

Fonte: Expresso das Ilhas

Notícias

Dia Nacional da Cultura comemorado sob o lema “eu_génio: do legado à ficção”

Governo prevê funcionamento da Universidade Técnica do Atlântico em 2020/2021

Santiago Norte: Municípios juntam-se ao MCIC para homenagear a Morna no Dia Nacional da Cultura e Comunidades

São Nicolau: Projecto Caminhar inicia acção de capacitação em acompanhantes de “trekking”

Cabo Verde não deve competir pelo preço com outros destinos turísticos, avisa CEO da Oásis