Sal continua a ser o destino preferido pelos turistas

Quase metade dos turistas que chegam a Cabo Verde preferem a ilha do Sal a qualquer outra. Instituto Nacional de Estatística confirma crescimento do Turismo. Nos primeiros três meses deste ano entraram no país mais 18 mil turistas

"No primeiro trimestre de 2019 o número de hóspedes e de dormidas nos estabelecimentos hoteleiros do país evoluíram positivamente, respetivamente, 8,5% e 4,5%, face ao mesmo período de 2018", aponta hoje o Instituto Nacional de Estatísticas (INE) no relatório sobre a evolução do Turismo no primeiro trimestre deste ano.

Aquele documento mostra igualmente que nos primeiros três meses deste ano "o Reino Unido foi o principal país de proveniência de turistas; Os turistas deste país foram os que permaneceram mais tempo em Cabo Verde, com uma estadia média de 7,5 noites".

Entre janeiro e março deste ano, continua o INE os estabelecimentos hoteleiros acolheram 233.721 hóspedes, "uma variação positiva de 8,5%, face ao período homólogo do ano anterior. Em termos absolutos, entraram nos estabelecimentos hoteleiros mais 18.372 turistas do que em igual período do ano transato".

Como já foi referido, o Sal é o destino preferido dos turistas que chegam a Cabo Verde. Diz o INE que 45,3% dos turistas ficaram no Sal. Boa Vista, com 29,0%, e Santiago com 10,6% fecham o top 3.

Quanto ao turismo interno, é um setor que continua a ter valores residuais para o setor turístico nacional. Segundo o INE, apenas 5,9% dos turistas têm nacionalidade cabo-verdiana e em termos de dormidas o número é ainda menor (3,3%).

"No trimestre em análise o principal mercado emissor de turistas foi Reino Unido com 22,4% do total das entradas. A seguir vêm, França, Países Baixos e Alemanha, responsáveis por, respetivamente, 13,3%, 12,6% e 11,5%, do total das entradas", conclui o INE.

Fonte: Expresso das Ilhas

Notícias

SCM congratula Cabo Verde pela consagração da morna

Morna já é oficialmente Património Mundial