Diplomata brasileiro considera sua visita a Cabo Verde "primeira aproximação" à África

O ministro das Relações Exteriores do Brasil, José Serra, defendeu, sábado, na cidade da Praia, que a sua visita de 12 horas a Cabo Verde, rumo a Paris (França), uma "primeira aproximação" do novo Governo brasileiro à África, apurou a PANA de fonte segura.

José Serra, que vai a Paris para participar numa reunião do Conselho de Ministros da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), agendada para 1 a 2 de junho próximo, disse que esta sua visita a Cabo Verde é a segunda a um país estrangeiro, depois da Argentina.

Em declaração a jornalistas na cidade da Praia, após um encontro com o primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva, o chefe da diplomacia brasileira afirmou ter feito questão de vir a Cabo Verde, como um primeiro contacto com África.

Trata-se de “um país que consideramos interessante, que tem boa governabilidade, uma democracia consolidada, um regime exemplar", elogiou.

O diplomata sublinhou também que a forte cooperação existente entre o Brasil e Cabo Verde é para se reforçada, numa altura em que o seu pelouro tem em estudo um plano de encerramento de algumas embaixadas brasileiras, nomeadamente em África.

José Serra garantiu que a sua visita ao arquipélago cabo-verdiano pretende ser uma demonstração de que as relações com o continente africano continuam prioritárias na política externa brasileira.

Durante a sua passagem pela capital cabo-verdiana, o ministro brasileiro dos Negócios Estrangeiro foi ainda recebido pelo Presidente da República de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca.

O governante brasileiro assumiu a pasta das Relações Exteriores do Governo interino, liderado por Michel Temer, após a destituição da então Presidente da República, Dilma Roussef, em meados de maio corrente.

Fonte: Panapress

Notícias

Dia Nacional da Cultura comemorado sob o lema “eu_génio: do legado à ficção”

Governo prevê funcionamento da Universidade Técnica do Atlântico em 2020/2021

Santiago Norte: Municípios juntam-se ao MCIC para homenagear a Morna no Dia Nacional da Cultura e Comunidades

São Nicolau: Projecto Caminhar inicia acção de capacitação em acompanhantes de “trekking”

Cabo Verde não deve competir pelo preço com outros destinos turísticos, avisa CEO da Oásis