Comunicado 7º EITU 2016

A Câmara de Turismo de Cabo Verde, em parceria com o Governo e a Associação Nacional de Municípios, promove o VII Encontro Internacional de Turismo, que ocorrerá na cidade da Praia de 4 a 7 de dezembro próximos.
À semelhança das seis anteriores edições deste evento, decorridas desde 2005, será uma oportunidade marcante na encruzilhada das escolhas que o Turismo e a Economia de Cabo Verde estão obrigados a fazer, e que só uma participação abrangente e empenhada de toda a sociedade civil permitirá que seja aproveitada.
Este VII EITU surge num momento particularmente crítico, caraterizado pelas grandes e jamais verificadas oportunidades de desenvolvimento, para o nosso país, sobretudo no que respeita ao turismo, encarado com justeza como o setor estratégico da economia cabo-verdiana. Essas oportunidades, porém, confrontam-se com significativos desafios, em particular quanto à observação dos três elementos essenciais e enformadores da sustentabilidade turística, a saber, os domínios do equilíbrio social, da proteção ambiental e do desempenho da economia. Aos desafios da sustentabilidade acrescem outros não menos importantes, como a segurança turística, a qualidade do destino e a construção de um ambiente de negócios competitivo e favorável.
O VIIº EITU trará para o debate estes e outros temas considerados decisivos, na perspetiva da busca de convergências entre o Estado, os Municípios e o setor privado, facilitadores da elaboração das políticas públicas mais adequadas e ajustadas ao contexto, mas, também, orientadoras da ação do setor privado. Conta-se, assim, com a expressiva participação do governo, de instituições da Administração Pública, dos municípios do país e respetiva associação, das instituições do setor privado, das empresas, de organizações internacionais e outros parceiros internacionais, assim como de alguns reconhecidos especialistas.
Mas o grande objetivo que a Câmara de Turismo pretende atingir neste 7º Encontro é o de concretizar, através de uma série de protocolos a celebrar entre setor público e setor privado, nos quais seja garantida a passagem dos numerosos estudos, planos e projetos existentes para a respetiva execução.
O slogan escolhido para resumir os vastos conteúdos do evento é expressivo dessas metas:

QUALIFICAR • SUSTENTAR • INOVAR • CONCRETIZAR

Brochura: 7º EITU 2016

Notícias

Associações açorianas vão celebrar protocolo “pioneiro” de cooperação com Cabo Verde

Fundação Maio Biodiversidade faz “balanço positivo” da campanha de protecção das tartarugas marinhas

Turismo de Cruzeiro: Santo Antão afirma-se no segmento de mercado dos navios de médio e pequeno porte

Governo lança obras de reabilitação das duas casas de Eugénio Tavares na Ilha da Brava

“Até hoje faltou um organismo capaz de dialogar com os empresários do sector turístico”