Reguladora da aviação quer implementar stopover em Cabo Verde

Agência de Aviação Civil quer introduzir o conceito de stopover em Cabo Verde. Reguladora colocou o regulamento em consulta pública

A AAC publicou, para consulta pública, o regulamento que, entre outras medidas, prevê o estabelecimento do conceito de stopover em Cabo Verde.

Entrando este novo regulamento em vigor, passa a ser possível fazer uma escala de até cinco dias entre o ponto de partida e o destino final da viagem.

Esta medida tem sido implementada com sucesso em diversos países que, tendo um hub aéreo em funcionamento, têm visto aumentar o número de turistas. O exemplo de Portugal é reconhecido a nível internacional uma vez que no primeiro ano de aplicação deste programa de escalas prolongadas, cerca de 40 mil turistas visitaram o país.

Segundo o jornal Negócios, quando “foi lançado em Julho de 2016 pela TAP, o programa Portugal Stopover permitia que os passageiros em trânsito em Lisboa e Porto pudessem passar até três dias (entretanto alargado a cinco) nestas cidades sem pagar mais. Além disso, têm acesso a uma rede de parceiros como hotéis, restaurantes e experiências turísticas”.

Fonte: Expresso das Ilhas

Notícias

Preços da oferta turística diminuíram em termos homólogos -5,2% no segundo trimestre de 2019

Mindelo acolhe 72.º Centro de Língua Portuguesa que vai ser inaugurado quinta-feira

Brava: Master plan de turismo é o “guia maior”da planificação estratégica turística para a ilha até 2030 – edil

Novo hospital da Praia é um complemento aos hospitais de Cabo Verde e não vai substituir o HAN – PCA

Câmara Municipal do Sal apresenta plataforma “inovador” GEO Sal