Yolanda Marazzo

( 16 décembre 1927 - 27 janvier 2009 )
  • poesia
Yolanda Marazzo

Yolanda Marazzo Lopes da Silva, poeta e escritora de língua portuguesa, nasceu em São Vicente, Cabo Verde,  África, a 16 de Dezembro de 1927.  Ao 15 anos, 1943, partiu para Lisboa, onde completou o estudos no Liceu Rainha Dona Leonor. É diplomada com o curso superior de Francês e o curso superior de Moderna Literatura Francesa, da Alliance Française e com o curso de Ingês do Instituto Britânico. Em 1958, parte para Angola acompanhando o marido e aí permanence no período convulso da guerra colonial, de 58 a 68. Findo esse tempo foi viver para Luanda onde lecciona no ensino particular, trabalhando ao mesmo tempo na Embaixada da Jugoslávia.

Neta de José Lopes, um dos maiores e mais cultos poetas de Cabo Verde, cedo revelou a sua poesia, tendo feito parte do Grupo do Suplemento Cultural, juntamente com Gabriel Mariano, Aguinaldo Fonseca, Ovídio Martins, Carlos Alberto Monteiro Leite e Francisco Lopes da Silva.

Colaborou em Lisboa no Artes e Letras do Diário de Notícias, no República e em periódicos angolanos, como Província de Angola, Jornal de Lobito e Notícias.

Yolanda Marazzo Lopes da Silva, poeta e escritora de língua portuguesa, nasceu em São Vicente, Cabo Verde,  África, a 16 de Dezembro de 1927.  Ao 15 anos, 1943, partiu para Lisboa, onde completou o estudos no Liceu Rainha Dona Leonor. É diplomada com o curso superior de Francês e o curso superior de Moderna Literatura Francesa, da Alliance Française e com o curso de Ingês do Instituto Britânico. Em 1958, parte para Angola acompanhando o marido e aí permanence no período convulso da guerra colonial, de 58 a 68. Findo esse tempo foi viver para Luanda onde lecciona no ensino particular, trabalhando ao mesmo tempo na Embaixada da Jugoslávia.

Neta de José Lopes, um dos maiores e mais cultos poetas de Cabo Verde, cedo revelou a sua poesia, tendo feito parte do Grupo do Suplemento Cultural, juntamente com Gabriel Mariano, Aguinaldo Fonseca, Ovídio Martins, Carlos Alberto Monteiro Leite e Francisco Lopes da Silva.

Colaborou em Lisboa no Artes e Letras do Diário de Notícias, no República e em periódicos angolanos, como Província de Angola, Jornal de Lobito e Notícias.

Autoria/Fonte
www.acaboverdeana.org

Related Content

Notícias

Boa Vista: Cabo Verde Natura 2000 está a recrutar voluntários para a temporada de protecção das tartarugas 2019

São Vicente: “Março Mês do Teatro” com 15 grupos teatrais

Vendedores do mercado de Sucupira transferidos no final do ano

Augusto Neves anuncia construção de três hotéis em São Vicente a partir de Julho

Professores católicos defendem introdução de doutrina cristã no currículo escolar