TUI investe mais de 78 milhões de euros na Boa Vista

A ilha da Boa Vista deverá contar, dentro de 30 meses, com um novo um hotel de 78,4 milhões de euros, do grupo alemão TUI.

A informação consta do contrato de investimento entre a sociedade local Chaves Hotel & Investimentos e o Governo cabo-verdiano, de 6 de Setembro e ao qual a agência de notícias Lusa teve acesso, prevendo a implementação do projeto TUI Magic Life – Boa Vista naquela ilha.

O hotel, de quatro estrelas, deverá estar concluído dentro de 30 meses e implicará “a remodelação e a ampliação de todas as infraestruturas básicas necessárias à implantação” do projeto, refere o contrato de investimento, citado pela agência Lusa.

Através de um investimento global de 78,4 milhões de euros, levará à criação, na localidade de Santa Maria, de 431 postos de trabalho diretos.

“O Projeto de Investimento terá a categoria de quatro estrelas superior e terá a marca da TUI, designada TUI Magic Life, cadeia hoteleira alemã que presta serviços de hotelaria Premium, detida a 100% pelo grupo TUI AG, com presença histórica no território de Cabo Verde, desde 2015, no sector da distribuição, apostando forte no desenvolvimento turística do país”, lê-se no contrato.

O investimento contará com incentivos fiscais do Governo cabo-verdiano – entre outros apoios estatais —, que aprovou, para o projeto, a declaração de “interesse excecional no quadro da sua estratégia de desenvolvimento socioeconómico do país”.

Já esta manhã, soube-se que o grupo alemão também vai investir 49,5 milhões de euros na construção de um hotel de cinco estrelas com 614 camas, na ilha do Sal. O investimento, em Santa Maria, será feito nos próximos dois anos.

Fonte: Expresso das Ilhas

Notícias

Cabo Verde não deve competir pelo preço com outros destinos turísticos, avisa CEO da Oásis

Projeto "Volunturismo" movimenta cerca de 30 turistas para São Vicente

Santa Cruz: Autarquia quer transformar município num destino turístico de excelência

Porto Novo recebe investimentos privados nas pescas à volta de 70 mil contos

São Vicente vai acolher missão empresarial alemã com foco nas energias renováveis