Santiago e São Vicente acolhem festival de cinema itinerante de Língua Portuguesa

FESTin- itinerância Cabo Verde é o evento que inicia hoje e decorre na Praia e em São Vicente até o dia 26

A X edição do festival de cinema itinerante da Língua Portuguesa conta com uma programação recheada de filmes para jovens e adultos.

O filme brasileiro Boni Bonita vai ser exibido hoje no auditório da Universidade Lusófona de Cabo Verde, pelas 18 horas. O filme foi lançado em 2018 e relata a vida de Beatriz, uma argentina de 16 anos, que após a morte da mãe, muda-se para o Brasil em busca do pai ausente. Conhece o músico Rogério, de 30 anos e entra num relacionamento tóxico.

O FESTin visa celebrar e fortalecer as diferentes expressões culturais dos países de língua portuguesa através do audiovisual, em ambientes de partilha, intercâmbio e inclusão social. Foi criado em 2010 e tem vindo a realizar itinerâncias em países da CPLP e não só.

Em simultâneo decorre o 1º Festival Internacional de Cinema Infanto-juvenil ‘MINIs’. Vão ser exibidos filmes de Brasil, Portugal e Moçambique dirigidos a crianças e adolescentes de 3 a 15 anos.

A primeira sessão do filme do festival do cinema infanto-juvenil acontece amanhã, 18, com a apresentação do filme ‘Tainá, a origem’ no Centro Cultural Português.

A iniciativa inclui um concurso para a realização de curtas sobre o meio ambiente de até um minuto de duração. Os 9 melhores filmes receberão prémios oferecidos pela Unitel T+. Podem participar crianças de 8 a 12 anos residentes em Cabo Verde e podem ser auxiliados pelos pais na realização das curtas.

A organização do FESTin conta com o apoio do Instituto Camões do Centro Cultural Português e outros.

Fonte: A Nação

Notícias

Preços da oferta turística diminuíram em termos homólogos -5,2% no segundo trimestre de 2019

Mindelo acolhe 72.º Centro de Língua Portuguesa que vai ser inaugurado quinta-feira

Brava: Master plan de turismo é o “guia maior”da planificação estratégica turística para a ilha até 2030 – edil

Novo hospital da Praia é um complemento aos hospitais de Cabo Verde e não vai substituir o HAN – PCA

Câmara Municipal do Sal apresenta plataforma “inovador” GEO Sal