Santiago Norte: Presidente da ATS reúne-se com comando PN com segurança turística na agenda

O presidente da Associação do Turismo de Santiago (ATS), Eugénio Inocêncio, reuniu-se hoje com o comandante regional e os das seis esquadras dos seis concelhos de Santiago Norte, tendo na agenda a segurança turística na região.

“A ilha de Santiago está a receber neste momento entre 75 a 80 mil turistas, pelos projectos existentes, que já começaram ou que estão em vias começar, acreditamos que dentro de 3 anos este número na ordem dos 75 mil vai passar para 250 ou 300 mil turistas. E daqui há 7 anos a estimativa que fazemos é que deve chegar nesta ilha aos 500 a 600 mil turistas”, indicou Eugénio Inocêncio.

O presidente da ATS, que falava aos jornalistas à margem do encontro que decorreu hoje em Assomada com o comandante regional e os das seis esquadras dos seis concelhos da região Santiago Norte (Santa Catarina, São Salvador do Mundo, São Lourenço dos Órgãos, Santa Cruz, São Miguel e Tarrafal), classificou de “importante a evolução da segurança turística de forma substancial”.

Tendo em conta a evolução prevista do turismo na ilha de Santiago nos próximos tempos, Eugénio Inocêncio disse que é preciso “novas atitudes e novos meios”, ou seja, segundo ele, é “urgente” dotar as esquadras da região de mais meios de logística, mais viaturas, mais combustível, melhores meios de comunicação e de informática.

“A segurança turística é o bem mais importante para o turista. Não faz sentido um turista vir ter connosco e ter problemas de segurança. A segurança é mais importante do que a água, pode faltar a água o que é um absurdo para o turista tomar banho, mas agora não pode é faltar a segurança turística”, defendeu.

Ainda tendo em conta que nesta região os turistas circulam pelo território, o que a ATS quer, tendo argumentado que isso vai ao encontro daquela preocupação de terem um turismo sustentável e inclusivo, ou seja, ajuntou que leva riqueza a todos os cantos da ilha e para as famílias.

Entretanto, para que isso aconteça disse que é preciso que lhes seja garantido segurança, uma medida que considerou de “extremamente importante”.

Eugénio Inocêncio, que elogiou a “dedicação e o profissionalismo” dos responsáveis da PN em Santiago Norte, destacou ainda a disponibilidade dos mesmos em colaborar com a associação que dirige.

Por sua vez, o comandante regional da Polícia Nacional (PN) de Santiago Norte, Estêvão Tavares Vaz,  garantiu que na área de segurança a região está de “boa saúde” e que as esquadras estão a fazer um “trabalho satisfatório”.

Em relação à segurança turística indicou que se têm registado índice “muito baixo” de criminalidade, ou seja, estes números, segundo ele, “satisfaz” a instituição.

Por outro lado, mesmo enaltecendo o “esforço” da Direcção Nacional da Polícia em alocar meios em todo o comando da região Santiago Norte, o comandante regional admitiu que os “meios são sempre escassos”, mas no seu entender os polícias têm que trabalhar mesmo sem eles.
Fonte: InforPress

Notícias

Porto Novo: Museu das Romarias pronto para receber visitas nas próximas festas de São João – ministro da Cultura

Parque Tecnológico derrapa 30% do custo inicial mas vai ajudar a transformar Cabo Verde num “país digital”, garante Governo

Conselho de Ministros aprova lei que institui Zona Económica Especial de Economia Marítima em São Vicente

Missão empresarial de Cabo Verde em Portugal visita Marinha Grande para “aprender com os melhores” em investigação e design industrial

"Batuka". O novo video de Madonna com a Orquestra Batukadeiras