Projeto Raízes aposta em vídeos promocionais temáticos para fomento do turismo local

O projeto propõe ainda a elaboração de um plano de ação para o turismo sustentável, a criação de uma organização de gestão do destino turístico, centros de interpretação e sinalização de rotas.

Vídeos promocionais temáticos sobre o turismo em Santo Antão, abordando aspetos como costumes e paisagens da ilha, estão a ser produzidos no hábito do projeto Redes Locais para o Turismo Sustentável e Inclusivo (Raízes), em curso na ilha.

Conforme a direção do projecto, cofinanciado pela União Europeia em 55 mil contos, em execução desde Setembro 2017, o turismo em Santo Antão tem alcançado “uma maior dinâmica, nos últimos tempos”, pelo que há necessidade de se desenvolver ações que contribuam para “o fomento deste setor, uma importante alavanca da economia” da ilha.

Para a realização dos vídeos, uma equipa de jornalistas esteve, nas últimas duas semanas em Santo Antão, ilha que, segundo a mesma fonte,  tem “características singulares e distintas para ser um destino turístico de excelência”.

A promoção do turismo sustentável que se pretende para Santo Antão constitui uma das atividades do projeto Raízes, o qual tem como um dos principais objetivos a diversificação e qualificação da oferta turística com base na valorização do património natural e cultural.

Este projeto incide, essencialmente, na capacitação dos quadros, operadores turísticos, agentes culturais, associações locais e municípios, visando a diversificação e qualificação da oferta turística em Santo Antão.

Fonte: A Nação

Notícias

Preços da oferta turística diminuíram em termos homólogos -5,2% no segundo trimestre de 2019

Mindelo acolhe 72.º Centro de Língua Portuguesa que vai ser inaugurado quinta-feira

Brava: Master plan de turismo é o “guia maior”da planificação estratégica turística para a ilha até 2030 – edil

Novo hospital da Praia é um complemento aos hospitais de Cabo Verde e não vai substituir o HAN – PCA

Câmara Municipal do Sal apresenta plataforma “inovador” GEO Sal