Empresa espanhola prepara documentário sobre o turismo Azul em Santo Antão

O turismo subaquático tem estado, nos últimos anos, a conhecer algum incremento na cidade do Porto Novo, Santo Antão, onde já existe um centro de mergulho

A Peskayar Galaxy Kayake (Espanha), numa parceria com o empreendimento turístico santantonense Marina d'Tarrafal Guesthouse, prepara a realização de um documentário referente ao turismo azul em Santo Antão, que será transmitido na televisão espanhola, Iberalia.

Representantes de ambas empresas já discutiram esta ideia com os municípios, devendo avançar, brevemente, com a realização do documentário, que terá como um dos focos o Tarrafal de Monte Trigo (Porto Novo), uma zona com enormes potencialidades a nível do turismo náutico e balnear.

A Câmara Municipal do Porto Novo enaltece a ideia dessas empresas de realizarem o documentário sobre o turismo azul em Santo Antão e realça o facto de Tarrafal de Monte Trigo, uma das zonas mais visitadas pelos turistas que chegam à ilha, estar a ser “muito procurado” por empresários nacionais e estrangeiros, “interessados em investir no turismo” nessa localidade.

Trata-se de uma zona com “um potencial turístico muito importante”, onde se pode “navegar na costa, fazer mergulho, praticar desportos náuticos, além de desfrutar da gastronomia e hospitalidade das pessoas”, refere uma nota publicada pela edilidade.

Os operadores turísticos locais têm estado a reclamar a criação de infraestruturas de apoio ao turismo nessa localidade, entre as quais um cais flutuante para dar suporte aos praticantes dos desportos náuticos, que começam a ser incrementados no Tarrafal de Monte Trigo.

Na forja, a criação de um centro de promoção de atividades ao ar livre no Tarrafal de Monte Trigo, um projeto, estimado, inicialmente, em 70 mil contos, a cargo da empresa portuguesa “Afrika Adventures”, que, além de “trekking” (caminhadas em trilhas), incidirá a sua ação, igualmente, nos desportos náuticos.

O turismo subaquático tem estado, nos últimos anos, a conhecer algum incremento na cidade do Porto Novo, Santo Antão, onde já existe um centro de mergulho.

A perspetiva é de que esse segmento do turismo, muito divulgado em feiras internacionais, sobretudo em França e Alemanha, continue a crescer no Porto Novo, que dispõe, segundo os operadores, de uma das maiores biodiversidades marinhas em Cabo Verde.

Mais de 14 mi, turistas, na sua grande maioria franceses, visitaram ilha de Santo Antão durante o primeiro trimestre de 2019, conforme dados oficiais.

Fonte: A Nação

Notícias

Portugal e Cabo Verde unidos pela livre circulação esperam "boas notícias" na CPLP

Santo Antão: Operadores dizem-se “vítimas da concorrência desleal” do turismo residencial que começa a ser fomentado na ilha

Primeira revista de desportos náuticos de Cabo Verde lançada a 15 de Junho no Sal

Empresa espanhola prepara documentário sobre o turismo Azul em Santo Antão

Santo Antão: Municípios congratulam-se com decisão do Governo em avançar com master plan do turismo para ilha