Edição XXII da FIC estreia distinções honrosas de melhor stand e melhor design

A XXII edição da Feira Internacional de Cabo Verde (FIC), que decorrerá na Cidade da Praia de 14 a 18 do corrente mês, terá pela primeira vez distinções honrosas do melhor stand e melhor design.

Segundo o presidente da FIC, Gil Costa, o propósito é reconhecer, por um lado, o “esforço das empresas expositoras” em ter, a cada edição, uma “participação estruturada”, e, por outro, “incentivar a contínua aposta” na qualidade e numa “participação diferenciada” dos expositores.

Os resultados serão anunciados no cocktail de encerramento da feira e os vencedores receberão troféus “especialmente confecionados” bem como um certificado da FIC, SA, para além da publicidade gratuita no dossiê/convite para a FIC 2019 e no catálogo da FIC 2018.

Nos critérios de avaliação pontificarão, no prémio melhor design, arquitetura, comunicação visual, tecnologia aplicada, inovação e criatividade, ao passo que para o melhor stand serão levados em conta a ação promocional durante a feira, a exposição de produtos e a sustentabilidade.

O júri será composto por três membros previamente selecionados pela organização da FIC 2018.

A XXII edição da Feira Internacional de Cabo Verde realiza-se, este ano, sob o lema “CPLP – uma plataforma intercontinental de negócios“, sendo “evento referência” para todos os setores em Cabo Verde.

Durante cinco dias estarão, assim, reunidos, nas instalações da FIC, na Achada Grande, Cidade da Praia, exportadores, importadores, revendedores, distribuidores e prestadores de serviços de e para Cabo Verde.

O propósito, segundo a mesma fonte, é o de promover negócios, explorar oportunidades de investimentos e parcerias, “fazendo assim jus a marca deste evento” que é o de continuar a ser a “plataforma de negócios por excelência” em Cabo Verde e uma “janela de oportunidade” para a África Ocidental.

Para além do palco de exposição de equipamentos, produtos, serviços e tecnologias, a FIC 2018 reserva ainda aos visitantes profissionais um “vasto programa” de atividades paralelas, entre elas um conjunto de conferências alusivas a temas atuais e encontros de negócio previstos para os cinco dias do evento.

O ato de abertura da FIC 2018 será presidido pelo vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças, Olavo Correia.

Fonte: Sapo CV

Notícias

As razões da queda do turismo cabo-verdiano

Sal recebe 37% dos recursos do Fundo do Turismo - PM

Projectos financiados pelo BADEA ultrapassam seis milhões de contos

Grupo TUI constrói hotel de cinco estrelas no Sal