Cabo Verde vai receber novo parque eólico e projeta investimento também no solar

O Governo anunciou hoje que colocou a concurso a construção de um novo parque eólico na ilha de Santiago, que se juntará a outros projetos nas energias renováveis, incluindo solar, em todo o arquipélago.

Segundo informação divulgada pelo Ministério da Indústria, Comércio e Energia de Cabo Verde, o projeto do parque eólico de Achada Mostarda terá uma potência instalada de 10 megawatts (MW).

De visita hoje ao local, o ministro com a tutela da Energia, Alexandre Monteiro, conheceu a Estação Meteorológica de Achada Mostarda, já instalada naquela área e que recolhe parâmetros meteorológicos, nomeadamente a velocidade e a direção predominante do vento. O objetivo é reunir dados para a preparação de propostas e estudos de projetos para o próximo parque eólico, que será construído na localidade.

“Estamos a qualificar as áreas reservadas para instalação dos parques eólicos com informação, e torná-las mais atrativas para investimentos e reduzir os riscos”, afirmou o ministro, à margem da visita a Achada Mostarda.

O governante acrescentou que, além deste parque, o Governo cabo-verdiano tem outro projeto para um parque eólico de 5 MW na ilha da Boa Vista e está a preparar uma carteira de projetos de 50 MW, que abrangerá todas as ilhas, entre aproveitamento solar e eólico.

Segundo o Ministério da Indústria, Comércio e Energia, a Estação Meteorológica de Achada Mostarda foi financiada pela Cooperação Luxemburguesa, no âmbito do Programa de Apoio ao Setor das Energias Renováveis.

Fonte: Sapo CV

Notícias

Dia Nacional da Cultura comemorado sob o lema “eu_génio: do legado à ficção”

Governo prevê funcionamento da Universidade Técnica do Atlântico em 2020/2021

Santiago Norte: Municípios juntam-se ao MCIC para homenagear a Morna no Dia Nacional da Cultura e Comunidades

São Nicolau: Projecto Caminhar inicia acção de capacitação em acompanhantes de “trekking”