Cabo Verde inspira-se em Israel para desenvolvimento da agricultura

Cabo Verde poderá inspirar-se em Israel, um país com "grandes inovações tecnológicas" na área de agricultura, para encontrar soluções para o desenvolvimento do setor no país, anunciou neste fim de semana o ministro cabo-verdiano do Ambiente e Agricultura, Gilberto Silva.

O governante falava sexta-feira na cidade de Pedra Badejo, no interior da ilha de Santiago, aludindo à I Conferência Ministerial Israel-CEDEAO na qual participou de 4 a 7 concorrente em Tel Aviv, a capital israelita.

Disse ter aproveitado a sua estada naquele país para reforçar as relações de cooperação entre Cabo Verde e Israel, um país que enfrenta situações de falta de água e escassez de terra para o cultivo, mas que se tornou numa das grandes potências no mundo em termos de agricultura.

Gilberto Silva recordou que Israel desenvolveu não apenas muitas inovações e altas tecnologias, mas também tecnologias bastantes acessíveis e que podem ser aproveitas por Cabo Verde.

Explicou que, no encontro mantido com o seu homologo israelita, Uri Yeruda Ariel HaCohen, foi possível gizar estratégias e definir áreas prioritárias para a cooperação entres os dois países, nos domínio de água, de reutilização das águas residuais tratadas para a agricultura, em matéria de extensão rural e de desenvolvimento da fruticultura, com destaque para a cultura de tamareiras.

Gilberto Silva revelou ainda que pôde visitar em Israel as culturas protegidas ou culturas em estufas em desertos e com alta produção, uma experiência que poderá também ser implementada para aumentar a produção agrícola em Cabo Verde.

O governante assinalou que um dos resultados imediatos desta cooperação é a possibilidade de o arquipélago cabo-verdiano enviar, em 2017, uma equipa de 25 técnicos para Israel para formações diversas.

Também ficou ventilada a possibilidade de empresários israelitas investirem no domínio da agricultura em Cabo Verde.

Gilberto Silva anunciou ainda que a 1ª Conferência Ministerial Israel-CEDEAO serviu de espaço para a discussão sobre o reforço da cooperação entre o Estado hebreu e os países da África Ocidental no desenvolvimento do setor da agricultura.

O enfoque foi dado a áreas como a irrigação e gestão de água e dos solos, a produção agrícola e pecuária sustentáveis, a investigação agrária, a extensão rural e as tecnologias inovadoras nestes domínios.

Fonte: Panapress

Notícias

Conselho de Ministros aprova lei que institui Zona Económica Especial de Economia Marítima em São Vicente

Missão empresarial de Cabo Verde em Portugal visita Marinha Grande para “aprender com os melhores” em investigação e design industrial

"Batuka". O novo video de Madonna com a Orquestra Batukadeiras

Ginástica Rítmica: Noa Veiga representa Cabo Verde no Mundial de Júniores na Rússia

São Tomé e Príncipe e Cabo Verde celebram acordo de supressão de vistos