Turistas estrangeiros ultrapassam os dois milhões de dormidas

O mercado português, com 28.620 turistas e 144.362 dormidas, foi o quinto maior emissor para a hotelaria de Cabo Verde no primeiro semestre, representando 8,2% do total de hóspedes e 6,6% do total de pernoitas, concluiu o PressTUR a partir de dados do INE cabo-verdiano.

As estatísticas oficiais permitem calcular que a hotelaria de Cabo Verde, compreendendo hotéis, pensões, pousadas, hotéis-apartamentos, aldeamentos turísticos e residenciais, recebeu no primeiro semestre deste ano um total de 326.387 turistas residentes no estrangeiro, com um aumento em 8,3% ou 24.947 em relação ao período homólogo de 2016.

Em dormidas, o crescimento foi ainda mais forte, por força de uma subida da estada média desses turistas em 1,4%, para 6,5 noites.

Assim, a hotelaria de Cabo Verde teve pela primeira vez mais de dois milhões de dormidas de turistas estrangeiros num primeiro semestre, com o total de 2,135 milhões, +9,8% ou mais 189,7 mil que há um ano.

O Reino Unido, como já vem sendo habitual, foi o primeiro emissor, com 698,8 mil dormidas, seguido por Bélgica e Holanda em conjunto, com 266,8 mil, Alemanha, com 241,6 mil, França, com 199,3 mil, Portugal, com 144,3 mil, e Itália, com 140,6 mil.

Em número de turistas alojados nos estabelecimentos hoteleiros cabo-verdianos, o Reino Unido é também o emissor líder, com 84.220, seguido por França com 39.146, Alemanha com 39.127, Bélgica e Holanda com 34.493, Portugal com 28.620 e Itália com 20.684.

Em estada média, os residentes no Reino Unido são também líderes, com 8,3 noites, seguidos pelos residentes na Bélgica e Holanda com 7,7, Itália com 6,8, Alemanha com 6,2, França com 5,1 e Portugal com 5,0.

Fonte: A Nação

Notícias

Novo hospital da Praia é um complemento aos hospitais de Cabo Verde e não vai substituir o HAN – PCA

Câmara Municipal do Sal apresenta plataforma “inovador” GEO Sal

FMI aprova Instrumento de Coordenação de Políticas que vai permitir Cabo Verde acelerar o crescimento económico

Projecto Tartaruga promove capacitação em conceitos e práticas de patrulha do ambiente natural

Fogo: Master plan de turismo das ilhas do Fogo e da Brava identifica duas dezenas de projetos prioritários