Turismo cresce em Cabo Verde

O turismo cresce em Cabo verde. Segundo revela as estatistificas do quarto trimestre de 2016 do INECV, a hotelaria registou mais de 644 mil hóspedes, correspondendo a um acréscimo de 13,2% face ao ano de 2015. No mesmo período, as dormidas cresceram 10,3%. O Reino Unido foi o principal país de proveniência de turistas. Os turistas do Reino Unido foram os que permaneceram mais tempo em Cabo Verde, com uma estadia média de 9,1 noites. A ilha do Sal foi a ilha mais procurada pelos turistas, representando cerca de 45,6% das entradas nos estabelecimentos hoteleiros.

De acordo com os mesmos dados do INE, no quarto trimestre de 2016, os estabelecimentos hoteleiros acolheram 182.794 hóspedes, mais 13,9% do que no período homólogo do ano anterior. Em termos absolutos, no quarto trimestre de 2016, entraram nos estabelecimentos hoteleiros mais 22.249 turistas do que em igual período do ano transacto.

As dormidas atingiram 1.131.686 no mesmo período, traduzindo-se numa variação positiva de 8,6%, em relação ao quarto trimestre de 2015.

No período de Janeiro a Dezembro de 2016, os estabelecimentos hoteleiros registaram mais de 644 mil hóspedes e mais de 4,1 milhões de dormidas. Em termos absolutos, representaram 75.042 entradas e 382.551 dormidas à mais do que os valores registados em 2015.

A Ilha do Sal continuou a ter maior acolhimento, com 45,6% do total das entradas, seguida da ilha da Boa Vista, com 31,6% e Santiago com 11,2%. Em relação às dormidas, a ordem é a mesma: Sal com 50,4%, Boa Vista com 40,7% e Santiago, com 3,7%.

Fonte: A Semana

Notícias

As razões da queda do turismo cabo-verdiano

Sal recebe 37% dos recursos do Fundo do Turismo - PM

Projectos financiados pelo BADEA ultrapassam seis milhões de contos

Grupo TUI constrói hotel de cinco estrelas no Sal