Santo Antão está à frente do pelotão do desenvolvimento do turismo rural – ministro

O ministro do Turismo, José Gonçalves, considerou, hoje, no Porto Novo, que a ilha de Santo Antão está a liderar o pelotão do desenvolvimento do turismo rural e de natureza em Cabo Verde.

Trata-se de um modelo que, segundo José Gonçalves, deve ser seguido por outras ilhas do arquipélago que queiram apostar neste tipo de turismo para dinamizar a sua economia, criar riqueza e reduzir o fenómeno da pobreza.

O ministro do Turismo e Transportes e ministro da Economia Marítima falava no ato inaugural do posto do turismo e do centro interpretativo da ilha de Santo Antão, projetos inaugurados, esta sexta-feira, na cidade do Porto Novo, implementados no âmbito de uma parceria entre a Câmara Municipal do Porto Novo, a União Europeia e cooperação portuguesa, através da Associação da a Defesa do Património de Mértola.

Esses espaços são projetos que devem “inspirar” o resto do país, avançou o governante, que, esta sexta-feira, reúne-se, na cidade do Porto Novo, com os presidentes das câmaras de Cabo Verde, para a apresentação do programa “uma família, um turista”, virado para o turismo rural, “precisamente inspirado no modelo de Santo Antão”, explicou.

Para o edil do Porto Novo, Aníbal Fonseca, o posto do turismo e o centro interpretativo são “projetos importantes” que demonstram uma “aposta clara” no turismo em Santo Antão, região que, a seu ver, “precisa ser, no seu todo, transformada num destino turístico”.

Com esses espaços, que se localizam no edifício da antiga residência oficial, se pretende divulgar o património natural e cultural de Santo Antão, valorizando a identidade dos santantonenses.

Fonte: InforPress

Notícias

Preços da oferta turística diminuíram em termos homólogos -5,2% no segundo trimestre de 2019

Mindelo acolhe 72.º Centro de Língua Portuguesa que vai ser inaugurado quinta-feira

Brava: Master plan de turismo é o “guia maior”da planificação estratégica turística para a ilha até 2030 – edil

Novo hospital da Praia é um complemento aos hospitais de Cabo Verde e não vai substituir o HAN – PCA

Câmara Municipal do Sal apresenta plataforma “inovador” GEO Sal