Sal reabre-se ao mundo da literatura

O Festival Literatura-Mundo do Sal (FLMSal) arranca na ilha do Sal, esta quinta-feira, pretendendo-se com o evento, na sua III edição, inserir a ilha turística como terceira dimensão literária em Cabo Verde.

À semelhança de anos anteriores, escritores, editores, tradutores, professores, investigadores e leitores interessados, de várias paragens do mundo, participam de diferentes painéis de apresentação e mesas de trabalho.

Pela terceira vez consecutiva, a abertura do evento será feita pelo Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, também escritor.

“Já estamos num momento de saída à fase experimental de um evento literário novo em Cabo Verde", disse hoje, Filinto Elísio, em representação da editora Rosa de Porcelana, organizadora do evento.

“Quando se fala em literatura pensa-se também no Sal, não apenas o festival em si, mas uma série de dinâmicas literárias, lançamentos, encontros que têm havido no Sal nos últimos três anos”, referiu.

A lista das personalidades do mundo das letras, das academias da cultura, que deverão estar presentes no Sal para reflexões e debates literários é composta por 40 participantes, de diversas nacionalidades.

A curadoria é assegurada por Inocência Mata. 

A organização aproveita, mais uma vez, para convidar todos os salenses a participarem “ativamente” no certame da literatura internacional, que vai movimentar a ilha durante quatro dias, de 27 a 30 de Junho.

Fonte: Expresso das Ilhas

Notícias

Conselho de Ministros aprova lei que institui Zona Económica Especial de Economia Marítima em São Vicente

Missão empresarial de Cabo Verde em Portugal visita Marinha Grande para “aprender com os melhores” em investigação e design industrial

"Batuka". O novo video de Madonna com a Orquestra Batukadeiras

Ginástica Rítmica: Noa Veiga representa Cabo Verde no Mundial de Júniores na Rússia

São Tomé e Príncipe e Cabo Verde celebram acordo de supressão de vistos