Maio: Associação do Turismo congratula-se com o anúncio do Governo em iniciar os trabalhos da requalificação do porto no mês de Maio

O presidente da Associação do Turismo da ilha do Maio Arlindo Cardoso congratulou-se com o anúncio do Governo em iniciar com os trabalhos da requalificação do porto no próximo mês de Maio.

Em declarações, Arlindo Cardoso reconheceu que a acessibilidade tem sido um dos grandes constrangimentos da ilha, pelo que receberam com muita “satisfação” este anúncio do Governo quanto ao arranque da requalificação do atual porto para o mês de Maio.

O responsável disse ainda que “este é algo muito esperado e aguardado pelos maienses”, e por isso adiantou que a ilha está esperançosa com a realização do “grande sonho” de ter um porto com as condições, para receber as embarcações tipo roll-on roll-off, o que vai permitir, segundo destacou, tanto na melhoria de mobilidade de pessoas como dos produtos que são produzidos na ilha.

O presidente da Associação do Turismo da ilha do Maio diz contar nos próximos tempos com uma dinâmica melhor em termos económicos, com “melhor procura e oferta” de turismo. Para tal afiançou que é preciso mais investimentos na ilha em todas as vertentes e, acima de tudo, o alargamento de mais número de ligações, tanto com a ilha de Santiago como as ilhas mais a norte, como Boa Vista e Sal, o que, na sua opinião, vai também impulsionar o desenvolvimento da pecuária, agricultura, pesca e entre outras áreas.

Arlindo Cardoso afirmou que já é visível o interesse dos investidores internacionais para com a ilha, acrescentando que o “Maio tem uma riqueza enorme em termos da sua história, assim como em termos naturais”, prometendo que a associação que representa vai dar o seu “contributo para que a população saia a ganhar”.

Por seu lado, o operador económico Carlos Silva Martins manifestou igualmente a sua satisfação, considerando de “muito importante” a ligação marítima de e para ilha, porque este sector contribui para dinamizar tanto o setor do comércio como o turismo, algo que na sua opinião tem sido muito aguardado pelos maienses.

“Para mim, é uma boa noticia, e acredito que isso vai possibilitar que a ilha possa desenvolver-se, mas para tal esperamos vir a ter uma ligação mais regular e com mais frequência”, disse almejando um futuro “risonho” para ilha nos próximos tempos.

Carlos Silva Martins admitiu, no entanto, que é preciso mais envolvimento dos maienses neste processo, assumindo o desenvolvimento da ilha de frente, para que se possa tirar proveito do sector do turismo, o que na sua opinião não tem acontecido neste momento.

Natália Freire, também uma operadora, expressou a sua satisfação pelo anúncio do Governo em iniciar os trabalhos no próximo mês de Maio. De todo o modo, disse esperar que não seja adiado este arranque, porque a ilha precisa “urgentemente” de dar passos rumo ao seu desenvolvimento que passa pela melhoria da ligação marítima.

“Estamos todos contente com este anúncio. Agora, só esperemos que seja comprido o prazo e que a ilha venha a ter um aumento da ligação, principalmente com a ilha de Santiago”, concluiu.

Fonte: InforPress

Notícias

Governo nomeia dirigentes do Instituto do Turismo

Porto Novo: Governo vai investir seis mil contos para apoiar 40 agricultores com o sistema de rega gota-a-gota

Cabo Verde no Fórum Africano para Cultura de Paz com 12 artistas

Hotel e Casino da Praia concluídos até ao final de 2020

​Fogo acolhe em Novembro a 10ª Reunião de ministros do Turismo da CPLP