Ilha do Sal conta com novo Código de Conduta para Excursões Responsáveis 13/09/18 - 2:53 pm Share

O novo Código de Conduta para Excursões Responsáveis que impele guias turísticos e provedores de excursões de Cabo Verde à protecção da biodiversidade e habitat de importância internacional, foi rubricado quarta-feira por empresas de turismo no Sal.

Promovido pela Travel Foundation e TUI Care Foundation, o documento que espelha dez compromissos para excursões sustentáveis, foi elaborado com base em pesquisas sobre o impacto de excursões, nomeadamente de observação das tartarugas, passeios de moto 4, passeios de barco e mergulho, e outros, nas ilhas do Sal e Boa Vista.

Estiveram presentes no acto de apresentação e assinatura do novo Código de Conduta para Excursões Responsáveis, representantes de agências de viagem e turismo, de hotéis e associações da sociedade civil.

Este código destinado a guias turísticos e provedores de excursões, com vista a tornar as excursões mais sustentáveis, chama atenção, especialmente, à protecção do ambiente, apoio aos meios de subsistência e normas culturais, locais.

Para o director regional do turismo na ilha do Sal, Paulo Semedo, este documento chega em boa hora já que as excursões volta à ilha e observação de tartarugas são duas das principais ofertas turísticas.

Proteger o ambiente; informar os clientes sobre as fragilidades dos ecossistemas naturais e sensibilizá-los sobre o papel que eles podem desempenhar na sua protecção; reduzir o ruído e a poluição; respeitar o bem-estar dos animais, são algumas recomendações emanadas no código.

No que respeita a apoio aos meios de subsistência locais defende-se o desenvolvimento do negócio dos vendedores de artesanato, fornecedores e produtores locais, criação de oportunidades para os clientes gastarem mais em empresas locais, entre outras.

Quanto às normas culturais incita-se a respeitar e promover activamente a cultura local em todas as etapas das excursões; criar oportunidade de interacção positiva entre clientes e comunidades anfitriãs, proteger os membros vulneráveis da comunidade, designadamente crianças, e idosos, entre outros aspectos.

Fonte: InforPress

Notícias

Conselho de Ministros aprova lei que institui Zona Económica Especial de Economia Marítima em São Vicente

Missão empresarial de Cabo Verde em Portugal visita Marinha Grande para “aprender com os melhores” em investigação e design industrial

"Batuka". O novo video de Madonna com a Orquestra Batukadeiras

Ginástica Rítmica: Noa Veiga representa Cabo Verde no Mundial de Júniores na Rússia

São Tomé e Príncipe e Cabo Verde celebram acordo de supressão de vistos