Governo vai gastar 50 mil contos para requalificar o Centro de Artesanato de Mindelo

O Governo de Cabo Verde vai gostar 50 mil contos para requalificar o Centro Nacional de Artesanato e Design na cidade do Mindelo. O anúncio foi feito pelo Primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, durante a sua recente visita ao centro.

Correia e Silva, que acompanhado do ministro da Cultura Abraão Vicente esteve na terça-feira ultima no local, garantiu que o projeto de requalificação arquitetónica do Centro Nacional de Artesanato e Design é desenvolvido pelo arquiteto Ramos Castelhano, está dividido em três estruturas e avaliado em 50 mil contos. Está dividido em três estruturas, avaliado em 50 mil contos e deve arrancar no próximo ano.

“Aqui já existe um trabalho extraordinário e de grande qualidade para ser comercializado tanto no mercado turístico nacional como internacional. Por isso, vale a pena canalizar todo o esforço na concretização deste projeto. Os artesões e os artistas podem contar com o nosso empenho e investimento neste sentido”, expressou.

Conforme o site do Governo, Ulisses Correia e Silva assegurou que neste momento o projeto está a ser socializado e que o seu financiamento estará garantido no orçamento do Estado do próximo ano. “Há vontade política para isso”, conclui o chefe do governo, para quem São Vicente merece um edifício emblemático, com conteúdo e potencial para dinamizar a economia local.

Fonte: A Semana

Notícias

Conselho de Ministros aprova lei que institui Zona Económica Especial de Economia Marítima em São Vicente

Missão empresarial de Cabo Verde em Portugal visita Marinha Grande para “aprender com os melhores” em investigação e design industrial

"Batuka". O novo video de Madonna com a Orquestra Batukadeiras

Ginástica Rítmica: Noa Veiga representa Cabo Verde no Mundial de Júniores na Rússia

São Tomé e Príncipe e Cabo Verde celebram acordo de supressão de vistos