Cabo Verde nomeia novo embaixador em Angola

O antigo presidente da Câmara Municipal do Sal, Jorge Figueiredo, foi nomeado sexta-feira última embaixador de Cabo Verde em Angola, em substituição do diplomata Francisco Veiga, que deixou o cargo há cerca de um ano.

A nomeação de Jorge Figueiredo, médico de profissão, foi feita pelo Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, sob proposta do Governo.

Numa entrevista à imprensa, à margem da conferência sobre “liberdade de imprensa e censura na era digital”, realizada na capital cabo-verdiana, o Presidente Jorge Carlos Fonseca garantiu que a nomeação do antigo autarca para o cargo de embaixador de Cabo Verde em Angola “foi uma decisão ponderada”.

Confirmou que há muito tempo que tinha recebido a proposta do Governo para a designação de Jorge Figueiredo, juntamente com propostas de nomeação de Eurico Monteiro e Carlos Veiga para embaixadores em Portugal e nos Estados Unidos, respetivamente.

O chefe de Estado cabo-verdiano afirmou defender sempre, com base na leitura que faz da função diplomática, que a preferência deve ser dada a embaixadores que sejam de carreira.

Desde que o atual Governo do Movimento para a Democracia (MpD), liderado por Ulisses Correia e Silva, tomou posse, há um ano, já foram nomeados três embaixadores considerados “políticos”, não pertencentes aos quadros de carreira diplomática cabo-verdiana.

Fonte: Panapress

Notícias

Conselho de Ministros aprova lei que institui Zona Económica Especial de Economia Marítima em São Vicente

Missão empresarial de Cabo Verde em Portugal visita Marinha Grande para “aprender com os melhores” em investigação e design industrial

"Batuka". O novo video de Madonna com a Orquestra Batukadeiras

Ginástica Rítmica: Noa Veiga representa Cabo Verde no Mundial de Júniores na Rússia

São Tomé e Príncipe e Cabo Verde celebram acordo de supressão de vistos