Cabo Verde adere ao “Revive Internacional” de recuperação de património para fins turísticos

Cabo Verde tornou-se esta quinta-feira, 28 de Março, o terceiro país africano de língua portuguesa a aderir ao programa Revive internacional que visa a recuperação de património para fins turísticos.

Cabo Verde tornou-se esta quinta-feira, 28 de Março, o terceiro país africano de língua portuguesa a aderir ao programa Revive internacional que visa a recuperação de património para fins turísticos.

O protocolo entre Portugal e Cabo Verde com vista à implementação do programa Revive que promove e agiliza os processos de rentabilização e preservação de património público devoluto, tornando-o apto para o turismo foi assinado esta quinta-feira na ilha do Sal, durante a I Conferência Ministerial sobre o Transporte Aéreo e o Turismo em África, que ali decorre.

Segundo disse à Lusa a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, Cabo Verde seguiu os passos de Angola e São Tomé e Príncipe, e tornou-se no terceiro país africano a aderir ao programa de recuperação do património para o turismo e está a fazê-lo com “muito entusiasmo”.

Como é conhecido o Revive abre o património ao investimento privado para desenvolvimento de projetos turísticos, através da realização de concursos públicos e Portugal vai apoiar Cabo Verde neste processo, nomeadamente no que toca a aspetos técnicos.

“Estamos a apoiar o desenvolvimento do projeto, através de aconselhamento técnico, e incentivando grupos portugueses a desenvolver este projeto em Cabo Verde”, disse Ana Mendes Godinho, sublinhando que “Cabo Verde está com um grande crescimento na área do turismo e é uma oportunidade para as empresas portuguesas”.

Os técnicos estão já a proceder à identificação do “património que fala português” em Cabo Verde e que se encontra devoluto, de modo a torná-lo apto a fins turísticos.

Fonte: A Nação

Notícias

MasterPlan do Turismo da ilha do Sal apresentado em Santa Maria

Açores apoia Cabo Verde na valorização das cadeias de valor agrícolas

FIC “despede-se” da Laginha com balanço positivo